Animais . Curiosidades


Tartarugas domésticas

Descobri uma nova paixão, as tartarugas aquáticas. Tenho duas tartarugas muito lindas, mas com o carácter muito diferente uma da outra. A mais velha adora morder-me enquanto a mais nova é louca por comida. As minhas companheiras levaram-me a pesquisar mais um pouco sobre elas.

Sendo assim, descobri que ao contrário que as pessoas pensam a água contida no aquário deve cobrir toda a carapaça da tartaruga. “No que toca ao nível da água, este deve ter no mínimo 25 cm de profundidade. Deste modo a tartarugas poderá nadar activamente por todo o aquário.” A Tartaruga Hieroglífica é uma excelente nadadora, mas enquanto pequena, deve ter acesso a zonas onde o nível da água permita-lhe apoiar os pés e manter a cabeça de fora ao mesmo tempo.

O aquário deverá conter uma parte seca onde a tartaruga possa repousar. Também é muito importante que a tartaruga usufrua de esconderijos.

“Para manter a água em perfeitas condições deve também incluir um filtro de água e uma bomba de água (os seus mecanismos devem funcionar fora do aquário para evitar vibrações danosas para o habitat da tartaruga).”

CUIDADOS A TER:

Quarentena: “Quando receber a sua tartaruga em casa, recomendamos que seja providenciado um aquário para que esta possa passar algumas semanas de quarentena. Este não deve ter qualquer elemento decorativo mas apenas um local onde a tartaruga se possa abrigar, tipo uma telha de cumeeira com a parte convexa fora de água. Desta forma criamos um abrigo.

Antes de colocar a tartaruga em quarentena deve ser-lhe dado um banho de cerca de quinze minutos pois deste modo a água do aquário manter-se-á limpa durante um período mais longo.

A análise à eventual presença de vermes é efectuada a partir das fezes do animal. Devem ser efectuadas recolhas em três dias seguidos em recipientes assépticos e especiais para o efeito. Para melhor proceder à recolha das fezes aconselhe-se sempre junto do seu veterinário e verifique se este tem capacidade para efectuar este exame. Após comprovar que ela se encontra em perfeito estado de saúde pode colocá-la no aquário que com tanta dedicação preparou para ela.”

Alimentação: Os camarões são meras guloseimas. Visto que é um alimento pouco saudável.

“A Tartaruga Hieroglífica é omnívora e come um pouco de tudo. Existem no mercado rações em stick adequadas para este tipo de tartarugas semi-aquáticas que são uma óptima base para a sua alimentação.

Para complementar, pode ser dada carne branca crua ou cozinhada, sem tempero. Vegetais também estar presentes, mas a alface deve ser evitado, pois causa diarreia.”

  • No caso das tartaruga Corcunda do Mississípi a sua alimentação deve ser composta por: “Ração/sticks – Esta deve ser a base da alimentação de uma tartaruga. São granulados feitos especificamente para elas, com os valores nutricionais adequados. Hoje em dia, é fácil encontrar várias marcas nas lojas de animais. Existem produtos para tartarugas adultas e bebés. A sua utilização não dispensa o complemento de alimentos frescos.
  • Ração própria para gato – De preferência Light, deve dar-se ocasionalmente por causa da elevada quantidade de gordura e proteína;
  • Gammarus e Krill – Como já foi referido, deve dar-se ocasionalmente como goluseima.
  • Insectos – caracóis, gafanhotos, larvas da farinha, minhocas, grilos etc. Devem ser adquiridos nas lojas de animais (vivos ou enlatados), criados exclusivamente para fonte de alimento, uma vez que os insectos capturados da natureza podem não estar de boa saúde e transmitir algum vírus ou doença à tartaruga.
  • Peixe – Cru ou cozido (sem qualquer condimento ou sal). Devem ser, de preferência, peixes de água doce, como o salmão, truta, carpa, bogas, etc.
  • Fruta – Maçã, pêra, manga, melão, papaia, banana, uvas e morango são boas escolhas.
  • Legumes e vegetais – Cenoura e abóbora (cru ou cozida), ervilha, agrião, folhas de brócolos, couve portuguesa e folhas de beterraba são algumas das verduras indicadas para tartarugas.”

Saúde: “De modo a evitar o adoecimento da tartaruga recomenda-se algumas medidas profilácticas. O primeiro aspecto a considerar é que, dada a fragilidade desta espécie animal, deve-se sempre tomar as devidas precauções para que nunca esteja exposta a mudanças bruscas de temperatura. As tartarugas não têm nenhum mecanismo fisiológico de compensar assimetrias térmicas. Se a sua tartaruga estiver num ambiente de água quente, uma simples corrente de ar pode causar-lhe a morte. O segundo aspecto e igualmente importante, é a manutenção de excelentes condições de higiene de todo o aquário. Aspire frequentemente as fezes na água ou instale mesmo um filtro próprio para o efeito.

Pode diariamente executar alguns testes que podem evidenciar alguma patologia na tartaruga: olhos com mucosidades, carapaça mole e/ou com imperfeições, zona do nariz húmida, fezes líquidas e apatia generalizada. Nestes casos visite um veterinário.”

FONTE: http://arcadenoe.sapo.pt/artigo/tartarugas_aquaticas/160;

http://arcadenoe.sapo.pt/raca/tartaruga_corcunda_do_mississipi/330

Katia Ferreira 2090531

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s


Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

%d bloggers like this: